EDGAR ABREU REGRESSA AO NACIONAL

Segundo a imprensa desportiva do dia, Edgar Abreu vai regressar ao seu clube de origem, o Nacional da Madeira, que na próxima temporada disputará a 2.ª Liga.

Publicado em Uncategorized

TÉCNICO COLOCA CONDIÇÃO PARA CONTINUAR

Sobre a sua continuidade no comando técnico do Olhanense, Bruno Saraiva afirmou que foi convidado a renovar e que «gostaria de poder dizer que sim, mas neste momento não estão reunidas todas as condições que considero fundamentais, principalmente a estabilização e harmonização da relação entre a SAD e o clube», conforme se pode ler no REGIÃO SUL.

Publicado em Uncategorized

OLHANENSE, 3 – PENAFIEL, 1

SCOPEN201617sergio

Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: André Neto (Vila Real)

OLHANENSE: Skowron; Coubronne, Sori Mané, Pedro Eira e Jorman Aguilar (Ademola, 90′); Virga, Edgar Abreu e João Oliveira; Gonzalez Prado (Carlos Freitas, 80′), Salim Cissé e Aldair (Pedro Albino, 90′);
Treinador: Bruno Saraiva
Suplentes não utilizados: Rodolfo (GR), Tiago Duque, Kiki e Jaadi

PENAFIEL: Tiago Rocha; Luís Dias, Paulo Bessa, João Paulo e Pedro Araújo; Djibril, César (Fidélis, 71′), Rafa Sousa e Wellington; Gonçalo Abreu (Danilo, 62′) e Fábio Fortes;
Treinador: Paulo Alves
Suplentes não utilizados: Ivo Gonçalves (GR), Hélio Cruz, Kalindi, Diouf e Edu

Amarelos: João Oliveira (53′), Jorman Aguilar (55′) e Gonzalez Prado (57′)

GOLOS:
0-1 por Sori Mané (07′) N.P.B.
1-1 por Salim Cissé (60′)
2-1 por Gonzalez Prado (77′)
3-1 por Salim Cissé (88′)

Publicado em Uncategorized

BRUNO SARAIVA PUBLICOU UM VÍDEO

Bruno Saraiva publicou um vídeo da grande penalidade a favor do Portimonense no passado Domingo, na sua página de FACEBOOK.

O técnico acompanha as imagens das palavras «Comentários para quê?» e, da nossa parte, só podemos constatar que os atletas adversários nem sequer reclamam qualquer falta na jogada.

Publicado em Uncategorized

PORTIMONENSE, 3 – OLHANENSE, 2

PSCSCO201617anaborralho

FOTO: Sul Informação

A descida e o último lugar já ninguém tira ao Olhanense, mas para a história ficará também que nos dois jogos frente ao rival Portimonense perdeu ambos pela diferença mínima e com polémica à mistura.

Na primeira “volta”, quando a nossa equipa ainda sonhava ainda conseguir pelo menos lutar pela manutenção foi-nos anulado um golo que as imagens televisivas confirmaram ter sido legal.

Desta feita, em manhã de festa solidária na cidade barlaventina, o jogo foi bem disputado e, curiosamente, a formação rubro-negra esteve muito perto de chegar ao empate, mesmo tendo jogado mais de meia-hora em inferioridade numérica.

Perto do intervalo, quando a equipa da casa vencia por 2-1, o árbitro não assinalou uma clara grande penalidade a nosso favor, mas logo após o reatamento não teve dúvidas em conceder um castigo máximo muito duvidoso contra nós.

Daí resultou o terceiro golo e a expulsão por duplo amarelo para Gerevini, por protestos. Logo de seguida Jorman Aguilar ainda reduziu, e até final até podíamos ter empatado.

FICHA DO JOGO:
Estádio Municipal de Portimão
Árbitro: Rui Oliveira (AF Porto)

PORTIMONENSE: Ricardo Ferreira; Zambujo, Ivo Nicolau, Brendon e Luís Mata (Gleison, 25′); Fidelis (Gustavo, 75′), Paulinho, Tabata e Manafá (Buba, 70′); Ewerton e Pires;
Treinador: Vítor Oliveira
Suplentes não utilizados: Carlos (GR), Ryuki, Chidera e Hudson

OLHANENSE: Skowron; Coubronne, Pedro Eira, Gerevini e Pedro Albino; João Oliveira (Virga, 82′), Sori Mané e Edgar Abreu; Aldair (Gonzalez Prado, 85′), Salim Cissé (Ademola, 78′) e Aldair;
Treinador: Bruno Saraiva
Suplentes não utilizados: Rodolfo (GR), Carlos Freitas, Kiki e Jaadi

Amarelos: Tabata (45′), Skowron (54′), Gerevini (54′ e 55′) e João Oliveira (63′) Vermelho por acumulação: Gerevini (55′)

GOLOS:
1-0 por Tabata (10′)
1-1 por Coubronne (22′)
2-1 por Gleison (32′)
3-1 por Pires (55′) de G.P.
3-2 por Jorman Aguilar (57′)

Publicado em Uncategorized

EMPRESTADOS NÃO DEVEM FICAR

Segundo o “Record”, a «esmagadora maioria» dos atletas que se encontram em Olhão por empréstimo de outros clubes não devem permanecer no plantel da próxima época.

Segundo sabemos estão nessa situação Olivier Kingue (Nfuko Academy), Gerevini (Bologna), H’Maidat (Roma), Edgar Abreu (Nacional), Sori Mané (Sampdoria), Doudou Mangni (Atalanta), Jaadi (Udinese) e Tchanturia (Empoli).

Desconhecemos se existem mais jogadores nestas condições, possivelmente Jorman Aguilar ou Kevin Ademola, pois nem sempre a SAD rubro-negra anuncia publicamente os contornos de todos os  contratos e acordos (como foram os casos de Murilo ou Stanley Amuzie, entre outros) através da imprensa ou do que é publicado quando os jogadores são apresentados no site oficial.

Publicado em Uncategorized

MAIS UM VÍDEO DOS ANOS SESSENTA

BARRSCO195960TP

Já está disponível mais um vídeo no RTP ARQUIVOS em que se podem ver imagens do Olhanense na década de sessenta. Trata-se dos principais lances da 1.ª mão da 2.ª eliminatória da Taça de Portugal em 1959/60 que perdemos no Barreiro por 2-0 (na 2.ª mão não fomos além de um empate a zero no Padinha).

Para um melhor visionamento, recorremos à ficha de jogo e identificámos os jogadores rubro-negros e os respectivos números: Abade (1); Ezequiel (2), Luciano (3) e Rui (4); Casaca (5) e Reina (6); Vinicio (7), Campos (8), Parra (9), Francisco André (10) e Varandas (11);

Neste temporada Olhanense e Barreirense disputavam a Zona Sul da antiga 2.ª Divisão, e o nosso adversário venceu a mesma, subindo ao escalão principal. A formação rubro-negra, orientada por Artur Quaresma, ficou no quarto lugar.

Na campanha seguinte, já com “mestre” Cassiano como técnico, fomos nós quem vencemos a Zona Sul e subimos de escalão. A base da equipa era a mesma que vemos neste vídeo, reforçada com nomes como Cava ou Artur André.

Publicado em Uncategorized