EFEMÉRIDE: UM OLHANENSE EM LA LYS

fjdentinho.pngPor ocasião do centenário da Batalha de La Lys, que marcou negativamente a participação de Portugal na Primeira Guerra Mundial (considerada por muito o maior desastre militar português depois da batalha de Alcácer-Quibir, em 1578), o LUSO JORNAL reproduziu o artigo publicado por Francisco José Dentinho no “Correio Olhanense” de 12 de Abril de 1924, em que conta a sua experiência em terras gaulesas.

Este futuro Tenente-Coronel, nascido em Olhão a 12 de Abril de 1895 (avô do conhecido jornalista Paulo Dentinho, Director de informação da RTP), foi incorporado em 1916 no RI4, em Faro e esteve como aspirante miliciano na Primeira Grande Guerra, sendo condecorado com várias medalhas e louvores, como a Cruz de Guerra de 1.ª Classe. Em 1919 desfilou em Paris, fazendo parte dos 4 porta estandartes portugueses, nos Campos Elísios.

A efeméride tem relevância em relação ao nosso clube pois temos quase a certeza que Francisco Dentinho jogou futebol no Sporting Clube Olhanense. Entre 1915 e 1916 o “onze” rubro-negro contou com um futebolista com esse nome (que também representa o Boavista Farense na primeira metade de 1916, num campeonato organizado pela União de Foot-Ball de Faro, apenas para equipas da capital, onde participam também outros  jogadores do Olhanense, como Armando Amâncio e José Rasco Domingues).

Dentinho volta a aparecer em fichas de jogo na formação rubro-negra em Maio e Junho de 1916, sendo essas as últimas referências ao seu nome em partidas de futebol.

O atleta em causa deverá ser um dos três filhos do MESTRE JOSÉ DENTINHO:  José António Dentinho Júnior, Luciano de Sena Dentinho ou Francisco José Dentinho. Este último é da mesma idade do fundador e primeiro capitão do Olhanense, Armando Amâncio, e contemporâneo de outro futuro militar e praticante de futebol, Heitor dos Santos Patrício, que jogou no Olhanense e na Associação Académica de Faro.

oalgarve11julho1915_.png

Jornal “O Algarve” de 11 de Julho de 1915

Anúncios
Publicado em Uncategorized

CASA PIA, 4 – OLHANENSE, 0

CPSCO201718larrybawden.jpg

Estádio Pina Manique, em Lisboa
Árbitro: Paulo Ferrás (AF Leiria)

CASA PIA: Nélson Pinhão; João Damil, Abel Pereira, Bruno Lourenço e Zinho Fonseca; Ganhão, Andrezinho (Fali Candé, 86′), Tom (Didi Santos, 71′) e João Coito; Gonçalo Gregório (Érico, 79′) e Faísca;
Treinador: Tiago Zorro
Suplentes não utilizados: Rafael Marques (GR), João Oliveira, Patrick Igwe e Sérgio Nogueira

OLHANENSE: Cléber Santana; Pedro Caeiro (Rúben Fidalgo, 52′), Ivo Nicolau, Materazzi (Zé Turbo, 69′) e Jota (Jefferson, 50′); Pedro Dias e Tiago Barros; Rodrigo Parreira, Leleco e André Dias; Stevy Okitokandjo;
Treinador: Nilton Terroso
Suplentes não utilizados: Leandro Turossi (GR), Ítalo, Galassi e Pedro Albino

Amarelos: Léléco (30′), Materazzi (47′), Didi Santos (76′), Bruno Lourenço (78′) e André Dias (80′)

GOLOS:
1-0 por João Coito (02′)
2-0 por Gonçalo Gregório (51′)
3-0 por Tom (69′)
4-0 por Didi Santos (90′)

Publicado em Uncategorized

PARTIDA DECISIVA EM PINA MANIQUE

A formação rubro-negra, se quiser continuar a sonhar com os lugares de subida, terá forçosamente de vencer a próxima partida em Lisboa, no terreno do Casa Pia (pelas 16h00), e esperar por um deslize do Oriental na deslocação aos Açores, frente ao Operário.

Na primeira volta, quando os “gansos” jogaram no José Arcanjo, estavam em vantagem na tabela classificativa com mais quatro pontos, e agora a situação inverteu-se, sendo o Olhanense a ter essa mesma vantagem pontual. Em Olhão a vitória sorriu-nos por 3-0, com golos de Galassi, Leleco e Parreira.

As duas equipas não se encontravam no mesmo escalão desde a temporada 2002/03, altura em que vencemos por 1-0 no Estádio Pina Manique, em partida da 29.ª jornada da Zona Sul da antiga 2.ª Divisão B. O nosso golo foi apontado pelo então Fábio Felício (que voltou a representar as nossas cores durante a primeira metade desta época), de grande penalidade. Na baliza lisboeta estava outro jovem que é hoje é bastante conhecido, Beto, actual guardião dos turcos do Goztepe e internacional AA por Portugal.

pic_casapia3132

As duas equipas no jogo disputado em Lisboa para o Campeonato de Portugal em 1932

Este duelo é um verdadeiro reencontro de históricos, cujo primeiro embate oficial remonta à década de trinta e ao antigo Campeonato de Portugal. Em 1931/32 as duas equipas defrontaram-se nos oitavos de final. Na primeira “mão”, a 15 de Maio de 1932, a nossa equipa venceu em Lisboa por 2-1 (com golos de José Carlos Delfim e de José Bengala), confirmando a superioridade uma semana depois, em Olhão, com expressivo triunfo por 5-1.

Publicado em Uncategorized

JEFFERSON NÃO JOGOU PELA SELECÇÃO

Sete jogadores que constavam da convocatória da selecção nacional de sub-20 da Guiné Bissau não puderam alinhar na vitória por 1-0 sobre a Serra Leoa, por «excesso de idade», conforme se pode ler num artigo do jornal O DEMOCRATA.

Um deles era mesmo Jefferson Encada, atleta cedido pelo Sporting ao Olhanense até final da temporada.

Publicado em Uncategorized

OLHANENSE, 1 – ARMACENENSES, 2

SCOARM201718lb.jpg

Enorme desilusão, depois da vitória em Pinhal Novo e de irmos para o intervalo a vencer, com mais um oportuno golo de Stevy Okitokandjo, no dia em que o Olhanense transmitiu o seu primeiro jogo através da INTERNET.

Na segunda parte os forasteiros deram a volta ao marcador e, mesmo ainda com vinte minutos para jogar, a nossa equipa não teve arte ou engenho para chegar sequer ao empate, que lhe daria pelo menos a manutenção no segundo posto.

Assim, o Oriental alcançou-nos na classificação e, apesar de ter os mesmos pontos, está em vantagem no confronto directo. Seguem-se dois jogos seguidos fora de casa…

FICHA DO JOGO:
Estádio José Arcanjo, em Olhão

Árbitro: Nuno Alvo (AF Algarve)

OLHANENSE: Cléber Santana; Pedro Caeiro (Tiago Barros, 75′), Ivo Nicolau, Materazzi e André Dias; Pedro Dias e Leleco; Galassi (Zé Turbo, 63′), Rúben Fidalgo e Rodrigo Parreira (Pedro Albino, 69′); Stevy Okitokandjo;
Treinador: Nilton Terroso
Suplentes não utilizados: Leandro Turossi (GR), Ítalo, Jota e Saná

ARMACENENSES: João Azul; Ivan Silva, Sunday Akoh, Yuran Lopes e Elvis Mendes; Pedro Pedroso, Yan Mosquera, Márcio Meira e Lucas Salinas (Bandarra, 83′); Daniel Rodriguez (Nuno Moreira, 88′) e Yaggo Gomes (João Soares, 80′);
Treinador: Ivo Soares
Suplentes não utilizados: Bruno Costa (GR), Pedro Farçolas, Leandro Ary e Aires Sousa

Amarelos: Pedro Caeiro (71′) e Leleco (88′)

GOLOS:
1-0 por Stevy Okitokandjo (33′)
1-1 por Yuran Lopes (50′)
1-2 por Yaggo Gomes (71′)

Publicado em Uncategorized

ENTREVISTA AO “CORREIO DA MANHÔ

CM31032018.jpg

Imagem | Publicado em por

ARMACENENSES É O PRÓXIMO ADVERSÁRIO

SCOARM201718cartaz

Cartaz da partida

No próximo Sábado joga no José Arcanjo o Armacenenses, adversário de boa memória para o técnico Nilton Terroso, pois foi a primeira equipa que venceu ao nosso serviço, no seu segundo jogo no banco rubro-negro.

Em Armação de Pêra, na primeira vez em que as duas equipas se defrontaram em competições nacionais, triunfámos por 2-1, com golos de Hassan e Rúben Fidalgo.

Este nosso vizinho, orientado pelo nosso antigo guarda-redes Ivo Soares, está numa posição tranquila na tabela classificativa, no sexto posto com menos 15 pontos do que a nossa equipa. Na última jornada recebeu e empatou com o líder.

No plantel adversário estão dois atletas que já representaram as nossas cores, um deles apenas na presente pré-temporada, o defesa Ivan Dias (que acabou por fazer a primeira parte do campeonato no Almancilense), e o atacante Miguel Bandarra que fez parte da nossa equipa de juniores em 2013/14.

O actual melhor marcador do Armacenenses, com 9 golos, chegou a ter contrato de formação e a trabalhar com a equipa principal, sendo um dos juniores chamados para disputar o torneio “Lunar New Year Cup”, em Hong Kong, que perdemos na final por 1-0.

Nilton Terroso não poderá contar com o lesionado Hassan (voltou a ser titular em Pinhal Novo, algo que não acontecia desde o jogo em Loulé no final de Janeiro) nem como Jefferson Encada, que está na Guiné Bissau ao serviço da selecção de sub-20.

Publicado em Uncategorized