OLHANENSE, 3 – LOULETANO, 1

SCOLOU201920cw1

FOTO: Chris Wright

Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: Ricardo Baixinho (AF Lisboa)

OLHANENSE: Rodrigo Moura; Carlitos, Muscat, Vasco Coelho (Guilherme, 73′) e Lelo; Caleb, Tiago Jogo, Diogo Martins (Edu Pinheiro, 80′) e Sapara; João Vasco e Hassan (Ítalo Cortés, 80′)
Treinador: Bruno Ribeiro
Suplentes não utilizados: Ruben Dionísio (GR), Joshua, Djamanca e Gonçalo Duarte

LOULETANO: Guilherme; Leandro Ari, Chabá, Diogo Marques, João Sousa (Oliveira, 45′) e Pedro Barcelos; Vladimir Forbs, Darlan (Ângelo Taveira, 45′) e Rafa Fonseca; Abou Touré e Érico (Nuno Pereira, 77′)
Treinador: Zé Nando
Suplentes não utilizados: Diogo Sá (GR), Hélio Pinto, Garcia e Gabriel

Amarelos: João Sousa (09′), Rafa (26′), Darlan (32′), Pedro Santos (58′, adjunto do Louletano) Leandro Ari (62′), Érico (74′), Hassan (80′), Abou Touré (90’+03′) e Chabá (90’+03′)
Vermelhos: Vladimir Forbs (65′), Oliveira (69′) e Paulo Tomazeti (delegado do Louletano, após o final do jogo)

GOLO:
1-0 por Tiago Jogo (02′)
2-0 por Sapara (29′)
2-1 por Sapara (41′) N.P.B.
3-1 por Sapara (62′)

Publicado em Uncategorized

PROEZA RUBRO-NEGRA DE 1946 EM DESTAQUE

stadium27fev1946

Artigo na revista “Stadium”

O resultado anormal entre Famalicão e Vitória de Guimarães (0-7), colocou em destaque uma proeza rubro-negra com 74 anos. Conforme se pode ler no site do jornal A BOLA ou no MAIS FUTEBOL, os vimaranenses passaram a fazer parte do lote de equipas que conseguiram marcar sete golos na condição de visitante.

Anteriormente apenas Benfica, Sporting, FC Porto, Belenenses, Estoril-Praia, Sporting de Braga, Olhanense e Lusitano de Évora tinham conseguido esse pecúlio em terreno adversário em jogos do principal escalão do futebol português.

No caso do nosso emblema, aconteceu na temporada 1945/46 (a mesma em que conseguimos a melhor classificação de sempre dum clube algarvio, o quarto lugar) no Estádio do Bessa frente ao Boavista, que foi derrotado por 7-2.

Na partida, que teve lugar a 24 de Fevereiro de 1946, Salvador (que pouco tempo antes tinha jogado pela Selecção Militar que empatou frente aos ingleses da R.A.F.) marcou por quatro vezes, João da Palma bisou e Fernando Cabrita apontou o outro golo. Na revista “Stadium” da altura, o título da crónica (que acima reproduzimos) era que «A linha de ataque do Olhanense dá que falar».

stadium27fev1946fotos

Fotos da partida na revista “Stadium”

Publicado em Uncategorized

LELECO SUSPENSO POR DOIS JOGOS

Já se sabia que Leleco não poderia dar o contributo à equipa no próximo Domingo por ter visto o quinto cartão amarelo no jogo de Massamá, mas o nosso “capitão” foi castigado com mais um jogo, devido ao «Uso de expressões ou gestos grosseiros, impróprios ou incorretos» num desentendimento com o delegado do Real, Carlos Pires, no final do jogo, conforme se pode ler no site FPF e que abaixo reproduzimos.

processo_sumario_RSCSCO

Publicado em Uncategorized

LOULETANO JOGA DOMINGO EM OLHÃO

SCOLDC201920cartazO Olhanense joga no próximo Domingo no José Arcanjo frente ao Louletano, que tem apenas menos dois pontos na tabela classificativa. Recorde-se que o nosso vizinho foi o único adversário que nos conseguiu derrotar no campeonato durante esta temporada (além desse apenas o Benfica de Castelo Branco, mas na Taça de Portugal), na partida da primeira volta que se jogou no Estádio Algarve.

Na altura, antes da partida os dois emblemas encontravam-se empatados por pontos na liderança da Serie D, contando por vitórias os três encontros disputados até então. Os da casa venceram por 1-0, com um golo madrugador de Leandro Ary (logo aos 8 minutos) e a equipa então orientada por Vasco Faísca dominou o resto do jogo, não conseguindo sequer empatar. A IMPRENSA destacou o guardião louletano Lucas Paes (entretanto transferido para o Vitória de Setúbal) como a grande figura da partida, por ter defendido várias oportunidades de golo rubro-negras.

As principais equipas de futebol do Olhanense e do Louletano defrontam-se desde os anos vinte do século passado (o nosso vizinho foi fundado em 1923), então no campeonato regional. Só passaram a ser verdadeiramente rivais e a encontarem-se regularmente em competições de índole nacional no final da década de oitenta, primeiro na antiga 2.ª Divisão e depois na 2.ª Divisão B (e até durante uma época na 2.ª Liga, em 1991/92).

Entre 2004 e 2017, fruto da nossa ascensão aos escalões profissionais, as duas equipas não se defrontaram oficialmente (apenas em particulares ou provas de pré-época organizadas pela AF Algarve), mas nas duas últimas temporadas isso voltou a acontecer. No primeiro ano vencemos ambos os confrontos e no segundo registaram-se empates nos dois jogos.

LDCSCO201920_lb

O “capitão” Leleco será o grande ausente de Domingo, por castigo federativo

O duelo da 4.ª jornada do presente campeonato foi a primeira derrota a nível oficial contra este adversário em vinte anos (ou seja, algo que não acontecia desde 1998/99, quer como visitante ou como visitado).

Ainda como curiosidade em termos de factos históricos, apenas por uma vez a formação de Loulé venceu no nosso terreno. Foi exactamente na primeira vez que jogou no José Arcanjo, na 2.ª Divisão em 1987/88, num “renhido” 3-2.

Anteriormente apenas por uma vez este nosso vizinho tinha jogado para um campeonato nacional em Olhão, ainda no Estádio Padinha e na antiga 3.ª Divisão. Nessa ocasião ocorreu um triunfo rubro-negro por 2-0 (bis de Aldeias).

No próximo Domingo esperamos voltar a vencer o Louletano, sendo a grande ausência o “capitão” Leleco, pois viu o quinto cartão amarelo em Massamá. O internacional cabo-verdiano foi mesmo o autor do golo do nosso último triunfo, em Loulé por 1-0, em 2017/18 (nessa época vencemos também em nossa casa, igualmente por 1-0, sendo o marcador o então estreante Jefferson Encada).

Publicado em Uncategorized

DÉRBI DE LAGOS TRANSMITIDO NO “CANAL 11”

A formação rubro-negra vai defrontar dois dérbis regionais nas próximas jornadas. No próximo Domingo, pelas 15h00, recebemos o Louletano e no seguinte vamos a Lagos defrontar o Esperança. Segundo se pode ver no site ZERO ZERO, essa partida tem o seu pontapé de saída marcado para as 19h00 e transmissão televisiva no “Canal 11”.

Publicado em Uncategorized

CAPA DO JORNAL DO CLUBE (01/02/2020)

jornal01022020

Imagem | Publicado em por

LEIXÕES EMPRESTA AVANÇADO COLOMBIANO

italinho_leixTal como há dois anos atrás, quando nos cedeu Stevy Okitokandju nesta mesma reabertura de mercado, o LEIXÕES vai emprestar-nos um atleta para o sector atacante.

Trata-se de Ítalo Montano Cortés, também conhecido como ITALINHO, de apenas 20 anos, que na presente temporada marcou 8 golos em 25 jogos na equipa de sub23 (actuou apenas duas vezes como suplente utilizado na 2.ª Liga).

Este jovem colombiano, que actua como ponta-de-lança ou como extremo, chegou a Portugal em 2017/18, ainda com idade de júnior. Integrou o plantel sénior do Santa Clara que subiria ao escalão principal, e apesar de não se ter estreado oficialmente (esteve apenas no banco numa partida), em Dezembro chegou a treinar à experiência no BENFICA.

Não ficou no Benfica nem no Santa Clara e no mês seguinte foi cedido a outra formação açoriana, o Operário da Lagoa, que estava no Campeonato de Portugal (actuou em 5 jogos no total e chegou mesmo a defrontar-nos numa dessas partidas).

Em 2018/19 representou o Freamunde, emblema pelo qual fez 5 golos em 23 jogos na 1.ª divisão distrital da AF Porto, sendo contratado pelo Leixões no último Verão.

Publicado em Uncategorized