SANTA CLARA, 3 – OLHANENSE, 0

SCSCO201617

FOTO: clubedesportivosantaclara.pt


FICHA DO JOGO:

Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada
Árbitro: Pedro Vilaça (Viana de Castelo)

SANTA CLARA: Serginho; Rui Silva, João Dias, Vítor Alves e Igor; Ruben Saldanha (Miguel Machado, 80′), Osama Rashid, Pacheco e Berny Burke; Clemente (Joel Silva,73′) e João Reis (Pineda, 62′)
Treinador: Carlos Pinto
Suplentes não utilizados: Rodolfo (GR), Felipe Barros, Diogo Santos e Telmo Castanheira

OLHANENSE: Rodolfo; Coubronne, Pedro Eira, Sori Mané e Pedro Albino; Kiki (João Oliveira, 50′), Edgar Abreu e Virga (Jorman Aguilar, 60′); Aldair, Salim Cissé e Ademola (Gonzalez Prado, 60′)
Treinador: Bruno Saraiva
Suplentes não utilizados: Skowron (GR) e Carlos Freitas

Amarelos: Sori Mané (55′), Ruben Saldanha (73′) e Miguel Machado (90′)

GOLOS:
1-0 por Clemente (49′)
2-0 por Osama Rashid (56′) de G.P.
3-0 por Clemente (66′)

Publicado em Uncategorized

RUBRO-NEGROS JOGAM NOS AÇORES

O Olhanense desloca-se este Domingo ao terreno do oitavo classificado, o Santa Clara. Gerevini está castigado, mas Edgar Abreu poderá voltar aos eleitos de Bruno Saraiva, depois de ter ficado de fora pela mesma razão.

Publicado em Uncategorized

REPORTAGEM NO JORNAL “A BOLA”

abola06052017.jpg

O nome do Olhanense continua em destaque na imprensa desportiva… pelas piores razões. Desta vez é o jornal “A Bola” que nos dedica duas páginas, onde as razões da descida e da crise financeira são novamente abordadas.

O presidente Isidoro Sousa e os associados Luís Graça, João da Paz, Luís Teixeira e António Baganha deram as suas opiniões e, pelo lado da SAD, o diário desportivo não conseguiu contactar Luigi Agnolin.

Imagem | Publicado em por

CLUBE EMITIU RESPOSTA À SAD

Cinco dias depois da “Carta Aberta” do presidente da SAD rubro-negra, a direcção do clube emitiu a sua RESPOSTA, cujo teor foi primeiramente conhecido através do site do jornal “A Bola” (os resultados das eleições do clube também ainda não estão disponíveis no site oficial que serve clube e SAD).

O clube acusa o presidente da SAD de querer «fazer crer que pretendia ajudar financeiramente o Clube, quando na realidade ao longo de um ano da sua Administração, não pagou uma única renda do Estádio. E a única que pagou reporta-se a uma negociação quebrada pela própria SAD, em que o Clube à mercê de tanta pressão e no intuito de colaborar com a SAD, aceitou reduzir aos valores mínimos possíveis, o valor de renda do Estádio».

Publicado em Uncategorized

ISIDORO SOUSA FOI REELEITO

Isidoro Sousa foi reeleito como presidente da direcção do clube tendo em vista o biénio 2017-2019. Foram contabilizados 584 votos a favor, não se registando votos brancos nem nulos.

Publicado em Uncategorized

LUIGI AGNOLIN ENVIOU CARTA ABERTA

Pela primeira vez em 2017, o presidente da SAD rubro-negra, Luigi Agnolin, dirigiu-se aos sócios do Olhanense. Ou seja, já depois da reabertura de mercado e já depois da descida consumada matematicamente (o que tinha acontecido já há quinze dias).

O formato escolhido foi o de uma aberta CARTA ABERTA, publicada no site oficial que serve clube e SAD, e cujos destaques retirados pela imprensa desportiva foi a promessa de um investimento de 300 mil euros para a próxima temporada, uma ameaça de não arrendamento do Estádio José Arcanjo e novos (ou os mesmos) ataques ao presidente do clube (que já tinha sido o principal “alvo” da sua última comunicação aos sócios, no passado mês de Dezembro).

Recorde-se, agora que Igor Campedelli oficialmente já não faz parte da estrutura da SAD, Agnolin é o elemento da administração que mais directamente está ligado ás duas descidas de divisão do Olhanense. O ex-ábitro chegou ao José Arcanjo para o cargo de director geral na segunda metade da época 2013/14 e fomos despromovidos da 1.ª Liga. Na presente temporada voltou ao nosso país para assumir a presidência da SAD e o resultado foi… outra descida.

Publicado em Uncategorized

OLHANENSE, 2 – FREAMUNDE, 1

Em tempo de aniversário, o Olhanense ofereceu aos seus adeptos um triunfo (algo que não acontecia desde 11 de Março), com um golo de Jorman Aguilar (o melhor marcador da equipa, que assim chegou à dezena de tentos apontados no campeonato) quase em cima do apito final.

Os rubro-negros entraram a perder, mas perto do intervalo Jorge Gonzalez Prado (eleito “jogador do ano” no jantar de gala de aniversário do clube dois dias antes) empatou a contenda. Desta feita o filme do jogo acabou por ser o inverso dos dois últimos em casa, em que estivemos a vencer na primeira parte e permitimos a reviravolta na etapa complementar.

SCOFREAM201617.jpg

Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: Tiago Martins (Lisboa)

OLHANENSE: Skowron; Coubronne, Sori Mané, Gerevini e Hélder Cabral (João Oliveira, 46′); Aldair, Virga e Kiki; Gonzalez Prado (Kevin Ademola, 62′), Salim Cissé (Tchanturia, 77′) e  Jorman Aguilar;
Treinador: Bruno Saraiva
Suplentes não utilizados: Rodolfo (GR), Pedro Eira, Carlos Freitas e Jaadi

FREAMUNDE: Marco; Rodolfo Lourenço, Mika, Luís Pedro e Paulo Grilo; Rui Sampaio, Leandro Pimenta e Fábio Vieira; Fausto Lourenço (Diogo Valente, 66′), Hipperdinger (Yero, 56′) e Miguel Pedro (Diogo Ramos, 81′);
Treinador: Daniel Barbosa
Suplentes não utilizados: Dany (GR), Ivan Pérez, Jorge Daniel e João

Amarelos: Gerevini (30′), Rui Sampaio (30′), Luís Pedro (75′), Mika (84′), Rodolfo Lourenço (84′) e Leandro Pimenta (86′)

GOLOS:
0-1 por Miguel Pedro (25′)
1-1 por Gonzalez Prado (43′)
2-1 por Jorman Aguilar (90′)

Publicado em Uncategorized