NOVA ALTERAÇÃO NA PRESIDÊNCIA DA SAD

Segundo se pode ler no site do jornal RECORD, «Filippo Gambato, empresário do ramo da moda, é o novo presidente da SAD do Olhanense, sucedendo ao compatriota Andrea Papadia, que cessou funções».

A notícia fala sobre o percurso profissional de Gambato e que é o proprietário do grupo que adquiriu a SAD, mas não é referido que já fazia parte da estrutura, como um dos elementos que trabalha desde o final do ano passado no José Arcanjo, juntamente com o presidente cessante Andrea Papadia e o director desportivo Giuseppe Di Bari.

Gambato passa a ser o terceiro presidente da SAD de nacionalidade italiana, depois de Luigi Agnolin (de 2016 a 2018) e de Papadia (assumiu em Dezembro passado), sendo que Isidoro Sousa foi o líder máximo desde a constituição da sociedade em 2013 (como represente do clube, detentor de 20% das acções, cabendo os restantes 80% a três investidores: Igor Campedelli, Nicola Pecini e Massimo Michelis) até 2016.

Anúncios
Publicado em Uncategorized

PRAIENSE E CASA PIA REENCONTRAM-SE

Estão definidas as meias-finais para o PLAY-OFF do Campeonato de Portugal e o as duas equipas apuradas da nossa Serie, Casa Pia e Praiense, defrontam-se novamente, agora a 9 e 16 de Junho.

Recorde-se que a formação açoriana terminou como líder da Serie D, com sete pontos de vantagem, e que durante a época venceu os dois confrontos directos. Já o grupo lisboeta apenas conseguiu se apurar com um ponto de vantagem sobre o terceiro classificado, fruto de uma polémica decisão da FPF em considerar que tinham “direito” à vitória no jogo interrompido em Olhão aos 81 minutos (depois da própria Federação ter mandado jogar o tempo que faltava no dia seguinte e o Casa Pia ter “decidido” não comparecer, ao contrário do Olhanense e da equipad e arbitragem).

A outra meia-final será disputada entre União de Leiria e Vilafranquense (onde o nosso técnico Vasco Faísca iniciou a temporada, como adjunto).

Publicado em Uncategorized

CAPA DO JORNAL DO CLUBE (01/06/2019)

capa01062019

Imagem | Publicado em por

ESTÁDIO JOSÉ ARCANJO INTERDITADO

Já é conhecido o castigo que o Conselho de Disciplina da FPF aplicou ao Olhanense relativamente ao jogo interrompido no passado dia 14 de Maio. Foi-nos aplicado «um jogo de interdição, assim como a realização de um jogo à porta fechada, além de multa de 1.148 euros», conforme se pode ler noticiado em vários sites, como o do jornal A BOLA.

Recorde-se que a Federação instaurou dois processos urgentes, no dia 18 de Abril, um à equipa da casa (pelos distúrbios e interrupção do jogo) e outro à equipa visitante (por não ter comparecido no dia seguinte tendo em vista disputar os 9 minutos restantes.

O resultado que se verificava na altura da interrupção, aos 81 minutos, foi homologado como final (2-1 a favor do Casa Pia), o que torna verdadeiramente anedótico a FPF ter convocado as duas equipas, assim como a de arbitragem, para jogar o tempo que faltava no dia 15 de Abril.

Este resultado influencia de forma directa a classificação final, cujo play-off está agora a  ser disputado…

Publicado em Uncategorized

“BAR DA SPORT TV” ESTEVE EM OLHÃO

O conhecido programa “Bar da Sport TV”, em que Miguel Prates e Carlos Manuel convidam antigos futebolistas para contar histórias bem humoradas ao longo das suas carreiras, esteve na nossa cidade. Os nossos antigos futebolistas Ricardo Silva e Edinho (curiosamente dois avançados) foram os convocados pela “Sport TV +”, e já está disponível para visualização no respectivo canal de “YouTube” a 1.ª PARTE e também a 2.ª PARTE.

O brasileiro Edinho, actualmente com 52 anos e que deixou de jogar apenas há 10 anos, estreou-se em Portugal na época 1990/91 ao nosso serviço, sendo logo nesse ano o melhor marcador no ano em que vencemos a Zona Sul da antiga 2.ª Divisão B. Jogou mais um ano de rubro-negro (na 2.ª Liga) antes de prosseguir uma longa carreira que teve como pontos altos as passagens por chaves e Guimarães no escalão principal, que lhe valeram uma transferência para Inglaterra, onde ainda hoje é recordado como um dos melhores estrangeiros de sempre no Bradofrd City. Regressou ao José Arcanjo em 2003/04, já com 37 anos, para repetir os feitos alcançados na temporada de estreia: melhor marcador, vencedor da Zona Sul do mesmo escalão e subida à 2.ª Liga, onde ainda actuou mais um ano.

Ricardo Silva é dez anos mais novo do que Edinho e chegou a Olhão a meio da época 1997/98, com 21 anos, cedido pelo primodivisionário Vitória de Setúbal. Jogou também depois no principal campeonato do futebol português ao serviço do Boavista e do Santa Clara, voltando a vestir a camisola rubro-negra de 2004 a 2009, altura em que fez parte do plantel que subiu à 1.ª Liga.

Publicado em Uncategorized

O OLHANENSE NA FINAL DA TAÇA

No dia em que se disputa a final da Taça de Portugal, recordamos a primeira equipa algarvia a chegar ao jogo decisivo da competição. Foi na longínqua temporada de 1944/45, numa altura histórica, pois estávamos a cerca de mês e meio do armistício da Segunda Guerra Mundial (três semanas antes a Alemanha tinha assinado a rendição aos Aliados).

O

O “onze”rubro-negro na final

Para chegar ao jogo decisivo o Olhanense, então orientada pelos lendários Cassiano e José Mendes, afastou a CUF, o Vitória de Setúbal e o Atlético.

Na final, frente ao vice-campeão nacional (os “leões” tinham já alguns elementos daquela que ficaria poucos anos mais tarde conhecida como a famosa formação dos “cinco violinos”), perdemos por 1-0 com um polémico golo de Jesus Correia, a quatro minutos do fim.

Os rubro-negros contestaram o golo, alegando que a bola tinha estado fora das quatro linhas. A 1 de Julho de 1945, no Estádio das Salésias em Lisboa, as equipas alinharam do seguinte modo:

stadium1945finalTP

Capa da revista “Stadium” sobre a final de 1945

SPORTING: Azevedo; Cardoso e Manuel Marques; Lourenço, Barrosa e Nogueira; Jesus Correia, Armando Ferreira, Veríssimo, Albano e João Cruz;

OLHANENSE: Abraão; Rodrigues e Nunes; João Santos, Grazina e Loulé; Moreira, Joaquim Paulo, Fernando Cabrita, Salvador e Palmeiro;

Fernando Cabrita teve várias oportunidades de marcar nesse jogo, negadas pelo conhecido Azevedo e pela barra da baliza leonina. Rezam as crónicas de imprensa da altura que, depois do jogo, o avançado de origem lacobrigense estava inconsolável, alegando que Jesus Correia apanhou a bola fora do rectângulo, o que teria levado o guarda-redes José Abraão a manter-se estático na baliza: «Foi um erro do árbitro que deu essa vitória ao Sporting, quando o Olhanense foi a melhor equipa em campo». Mais tarde, recordando essa final, confessaria que fez toda a viagem de comboio para Estremoz, onde cumpria o serviço militar, a chorar perante uma injustiça tão chocante.

Recorde-se ainda que, na presente temporada o Olhanense foi afastado na primeira eliminatória pelos nossos vizinhos do SILVES (que acabaram por fazer um pequeno brilharete, chegando à quarta ronda, em que foram derrotados pelo primodivisonário Rio Ave), naquele que foi também um momento histórico: fomos eliminados pela primeira vez por uma equipa do Distrital.

Publicado em Uncategorized

CALEB ESCOLHIDO PARA O «ONZE DO ANO»

equipadoano201819serieDO nosso atleta Caleb Carvalho foi um dos eleitos para a equipa do do ano da Serie D, da página “Campeonato Portugal – Campeonato das Oportunidades” (em parceira com o site “Zero Zero”), na posição de extremo direito.

Este brasileiro de 26 anos chegou no início da temporada oriundo do Fátima e fez 7 golos em 32 jogos, sendo esta a sua quarta temporada em Portugal (o seu primeiro clube foi o Louletano, onde já tinha sido orientado por Ivo Soares, o nosso primeiro técnico nas primeiras vinte jornadas).

No onze ideal estão também, curiosamente, dois antigos atletas rubro-negros: Tiago Maia (guarda-redes do Praiense) e Miguel Bandarra (atacante do Casa Pia).

Publicado em Uncategorized