OLHANENSE, 1 – REAL, 0

Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: Ricardo Diogo (Beja)

OLHANENSE: Galli; Pedro Albino, Coppola, Gustavo Pinto, João Gomes e André Dias; Caleb (Rodrigo Dantas, 90’+03′), Luís Cortez (Matheus Clemente, 73′), Diogo Martins e Tiago Dias (Ruster, 73′); Juan San Martin.
Treinador Edgar Davids
Suplentes não utilizados: Rúben Dionísio (GR), Major, João Oliveira e Chico Batista.

REAL: Hugo Cardoso; Marcos Barbeiro (Rodrigo Moitas, 84′), Sandro Silva, Daniel Almeida e Paulinho; João Lameira; Flávio Silva (Ballack, 66′), Carlos David (Danny Choi, 89′), Mateus Fonseca (Romário, 89′) e João Ventura; Diogo David.
Treinador Luís Loureiro
Suplentes não utilizados: Rafael van der Laan (GR), Ibraim Cassamá e Maflamory Diaby

Amarelos: Luís Cortez (45′), Mateus Fonseca (54′), João Gomes (70′), Marcos Barbeiro (71′), Ballack (74′), Matheus Clemente (81′), João Ventura (90′), Galli (90′) e Sandro Silva (90’+03′)

GOLO:
1-0 por Juan San Martin (85′)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.