V. SETÚBAL, 2 – OLHANENSE, 2

Estádio do Bonfim, em Setúbal
Árbitro: Carlos Espadinha (AF Portalegre)

VITÓRIA DE SETÚBAL: João Valido; Mano, Marcos Raposo, João Serrão e Nuno Pinto; Bruno Ventura (Tomás Lima, 83′), André Sousa, André Pedrosa e João Marques (Kamo-Kamo, 39′); Frederic Mendy (Bruno Luz, 65′) e Zequinha
Treinador: Alexandre Santana
Suplentes não utilizados: Josué (GR), Rodrigo Jorge, Bruno Almeida e Gonçalo Batista

OLHANENSE: Galli; Pedro Albino, Coppola, João Gomes e André Dias; Matheus Clemente e Rodrigo Dantas (Akram Salhi, 90’+04′); Chico Baptista, Diogo Martins, Tiago Dias (Ruster, 84′); San Martin (João Oliveira, 84′).
Treinador: Edgar Davids
Suplentes não utilizados: Rúben Dionísio (GR), Gustavo e Jair

Amarelos: Pedro Albino (33′), Coppola (42′), Rodrigo Dantas (69′), Edgar Davids (69′), Ruster (88′) e Matheus Clemente (90’+03′)

GOLOS:
0-1 por San Martin (15′)
1-1 por Bruno Ventura (28′)
1-2 por Major (87′)
2-2 por Zequinha (90’+04′) de G.P.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.