OLHANENSE, 2 – M. ALJUSTRELENSE, 0

Estádio da Nora, nas Ferreiras (Albufeira)
Árbitro: Sérgio Nunes (AF Setúbal)

OLHANENSE: Galli; Pedro Albino, Coppola, João Gomes e André Dias; Cláudio Major (Ruster, 71′) Luís Cortez (Rodrigo Dantas, 83′), Diogo Martins (Matheus Clemente, 60′) e Tiago Dias; Chico Batista (Juan San Martin, 83′) e João Oliveira (Gabionetta, 71′).
Treinador Edgar Davids
Suplentes não utilizados: Rúben Dionísio (GR) e Jair Brito

MINEIRO ALJUSTRELENSE: Fábio Reis; Francisco Alves (Vumi Mpasi, 56′), Jonathan Firmino, Blessed e Zazá; Pedro Seco (Hélio, 77′), Abudu (Guzmán, 77′), Babacar e Pedro Fialho (Nando, 56′); Elvis (Gonçalo Serrão, 56′) e Paulo Costa.
Treinador José Luís Prazeres
Suplentes não utilizados: Igor Palma (GR) e João Nabor

Amarelos: Babacar (08′ e 50′), André Dias (26′), Coppola (30′), Luís Cortez (66′), Pedro Seco (69′) e Matheus Clemente (90′)
Vermelho: Babacar (50′) por acumulação

GOLOS:
1-0 por Diogo Martins (19′) de GP
2-0 por Juan San Martin (88′)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.