SACAVENENSE, 2 – OLHANENSE, 3

Reviravolta épica numa partida em que chegámos a estar a perder por dois golos de diferença. A formação rubro-negra reduziu a desvantagem perto da hora de jogo e, nos instantes finais (mesmo reduzida a dez unidades por expulsão de Muscat), conseguiu dar a volta ao marcador.

FICHA DO JOGO:
Estádio do SG Sacavenense, em Sacavém
Árbitro: Carlos Macedo (AF Braga)

SACAVENENSE: Hugo Cardoso; Bruno Saraiva (Diogo Martins, 31′), Diogo Duque, João Job e André Pires; Saavedra, Xavier Fernandes e Bertrande; Luís Mota (Joel Neves, 62′), Elvis e Guti (Ivo Bráz, 72′);
Treinador: André Rijo
Suplentes não utilizados: Rúben Dionísio (GR), Rui Martins, Deritson e Ivan Reis

OLHANENSE: Cléber Santana; Filipe Brigues, Muscat, Adilson e Lelo; Dongwook Lee (Elisson, 54′) e Leleco; Fábio (Sapara, 73′), Hassan (Stevy Okitokandjo, 54′) e Caleb; Reider Rodriguez;
Treinador: Vasco Faísca
Suplentes não utilizados: Gonçalo (GR), Miguel Campos, Tiago Barros e Tiago Jogo

Amarelos: Dongwook Lee (17′), Saavedra (17′), Diogo Duque (48′), Stevy Okitokandjo (54′), André Pires (84′), Leleco (84′) e Ivo Bráz (88′)
Vermelho: Muscat (80′)

GOLOS:
1-0 por Elvis (37′)
2-0 por Diogo Martins (50′)
2-1 por Stevy Okitokandjo (57′)
2-2 por Elvis (85′) N.P.B.
2-3 por Reider Rodriguez (90’+03′)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.