QUAL O FUTURO DAS SOCIEDADES ANÓNIMAS?

capaOJOGO2nov2018O jornal “O Jogo” destaca hoje na sua primeira página um Estudo global sobre os proprietários dos clubes de futebol que será hoje apresentado por Emanuel Medeiros, CEO da SIGA – Sports Integraty Global Alliance, em que denuncia a falta de escrutínio quanto aos proprietários, accionistas e investidores dos clubes e sociedades desportivas do futebol à escala mundial.

Em meados do mês passado o SAPO DESPORTO publicou um extenso artigo com o título «O ‘VÍRUS’ QUE ESTÁ A LEVAR EMBLEMAS HISTÓRICOS DO FUTEBOL PORTUGUÊS AO ABISMO», em que o caso do Olhanense também é referido. Uma das preocupações expressas é o «vazio na legislação e a falta de supervisão sobre a origem do capital é um dos principais problemas, assim como a falta de punição para quem viola os contratos assinados».

No início da presente temporada o Belenenses denunciou o protocolo com a SAD e inscreveu uma equipa nos campeonatos distritais da AF Lisboa, que joga no Estádio do Restelo… enquanto que a formação da SAD, que actua no escalão principal, disputa as suas partidas no Jamor. Já esta semana o Tribunal da Propriedade Intelectual decidiu que a SAD não poderá se apresentar com marcas e símbolos que se confundam com os do clube…

Também na nossa região um caso similar teve lugar esta época: a SAD do Quarteirense participou na 1.ª Divisão Distrital da AF Algarve e o clube também inscreveu uma equipa no segundo escalão. Curiosamente, também esta semana, o clube apresentou um pedido de insolvência da SAD por dívidas no valor de cerca de 75 mil euros.

No caso do Olhanense as dúvidas persistem, depois do falecimento do proprietário Luigi Agnolin há cerca de um mês, não é conhecido qualquer desenvolvimento e na última Assembleia Geral do clube o presidente Isidoro Sousa expressou a sua preocupação aos sócios sobre as consequências dos eventuais incumprimentos da SAD rubro-negra, numa reunião magna em que foi anunciada a redução do passivo do clube em 58%.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.