OLHANENSE, 1 – ESTRELA V. NOVAS, 1

SCOEVN201718lb.jpg

A formação rubro-negra despediu-se da época com um empate, que também não serviu ao nosso oponente que assim foi despromovido.

O nosso golo surgiu aos 53 minutos na sequência de uma grande penalidade por falta sobre Rodrigo Parreira, após grande arrancada em que ultrapassou vários adversários, convertida por Stevy Okitokandju.

Com este golo o holandês de origem nigeriana sagrou-se o melhor marcador da equipa, com os mesmos seis golos que Rúben Fidalgo, mas o português efectuou o dobro dos jogos. Leleco e Parreira fizeram cinco golos cada um.

Dez minutos depois do tento inaugural, o Estrela empatou a partida, e o resultado manteve-se assim até final. Destaque ainda para a entrada do jovem Nilson Jesus, avançado de 18 anos que esta temporada alinhou pelos juniores e pelos sub-23, e que à quarta chamada para uma convocatória da equipa principal finalmente se estreou oficialmente.

SCOEVN201718.jpg

Stevy Okitokandju marcou o último golo da temporada (FOTO: Chris Wright)

FICHA DO JOGO:
Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: Bruno Vieira (AF Lisboa)

OLHANENSE: Leandro Turossi; Pedro Albino, Pedro Caeiro, Jota e André Dias; Tiago Barros e Leleco (Galassi, 84′); Rodrigo Parreira, Rúben Fidalgo (Nilson Jesus, 84′) e Zé Turbo; Stevy Okitokandjo (Ruizinho, 62′);
Treinador: Nilton Terroso
Suplentes não utilizados: Cléber Santana (GR), Ítalo e Cláudio Gradim Marques

ESTRELA: Diogo Ferreira; Rui Modesto, Ricardo Ramos, Rodrigo Antunes e António Podstawski; Valdo, Paulo Letras, Gonçalo Serrano (Alexandre Dâmaso, 84′) e Serginho; Sarpong (Takeshi Hosaki, 78′) e João Oliveira;
Treinador: Paulo Mendes
Suplentes não utilizados: Nuno Roque (GR), Raul, Luís Bicho e Cláudio Neves

Amarelos: Rúben Fidalgo (70′)
Vermelhos: Valdo (90’+03′)

GOLOS:
1-0 por Stevy Okitokandjo (54′) G.P.
1-1 por Serginho (63′)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.