OPERÁRIO, 0 – OLHANENSE, 1

OPESCO201718.jpg

O momento do golo que valeu os três pontos. Clique na imagem para ver o vídeo.

A formação rubro-negra venceu na deslocação aos Açores, com um golo apontado por Ruben Fidalgo durante a primeira parte, numa recarga vitoriosa a um bom remate de Zé Turbo.

Destaque para o regresso de Ivo Nicolau à equipa e para a estreia de Stevy Okitokandjo.

Com este resultado mantivemos as distâncias pontuais para com primeiro, terceiro e quarto classificados, que também venceram os respectivos jogos. Do grupo de adversários mais directos, apenas o Oriental (que está no quinto posto) perdeu pontos. Esse será, curiosamente, o nosso próximo oponente no José Arcanjo.

FICHA DO JOGO:
Campo João Gualberto Borges Arruda, na Lagoa (Açores)
Árbitro: Fábio Nunes (AF Viana do Castelo)

OPERÁRIO: João Botelho; Ariano Sanches, Digas, Ronald Ramírez e Jorginho (Miguel Machado, 86′); Ruizinho, Dani (Yeail Kim, 80′), Gonçalo Reyes e Sele Davou; Lelé (Italinho, 45′) e Camará;
Treinador: André Branquinho
Suplentes não utilizados: Hugo Viveiros (GR), João Brum, Manuel Câmara e Patrício

OLHANENSE: Cléber Santana; Pedro Caeiro, Materazzi, Ivo Nicolau e André Dias; Pedro Dias e Tiago Barros; Zé Turbo (Ítalo, 85′), Leleco e Jefferson Encada (Okitokandjo, 63′); Rúben Fidalgo (Rodrigo Parreira, 75′);
Treinador: Nilson Terroso
Suplentes Não Utilizados: Leandro Turossi (GR), Pedro Albino e Galassi

Amarelos: Ruizinho (34′), Digas (54′) e Pedro Caeiro (63′)

GOLO:
1-0 por Ruben Fidalgo (28′)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.