OLHANENSE, 2 – SPORTING IDEAL, 0

SCOSCI201818a.jpg

FOTO: Larry Bawden

Com uma equipa desfalcada do seu técnico principal (na bancada a cumprir castigo) e de habituais titulares como Galassi e Tiago Jogo (a quem os colegas fizeram questão de dedicar o primeiro golo após a grave lesão no passado Domingo), os rubro-negros dominaram o seu adversário mas tiveram dificuldades em concretizar.

O primeiro golo só surgiu a um quarto de hora do final, numa jogada de insistência de Leleco, mas ainda houve tempo para o segundo tento, numa grande penalidade cometida sobre Hassan (veio dar mais vivacidade ao ataque na segunda parte) e convertida por Tiago Barros.

Com este resultado, e beneficiando da vitória do Casa Pia sobre o Oriental, o Olhanense ultrapassou a formação de Marvilla na tabela classificativa. Agora estamos no quarto lugar, a um ponto do terceiro e a quatro do segundo.

SCOSCI201718b.jpg

Equipa dedicou o primeiro golo ao lesionado Tiago Jogo

FICHA DO JOGO:
Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: César Leitão (AF Beja)

OLHANENSE: Cléber Santana; Pedro Albino, Ivo Nicolau, Materazzi e André Dias; Tiago Barros e Pedro Dias; Rodrigo Parreira (Hassan, 56′), Leleco (Jota, 90′) e Jefferson Encada; Ruben Fidalgo (Pedro Caeiro, 77′);
Treinador: José Teixeira Antunes (por castigo de Nilton Terroso)
Suplentes não utilizados: Leandro Turossi (GR), Rui Santos e Nilson Jesus

Amarelos:  Ruben Fidalgo (13′), Pedro Albino (42′), Jefferson Encada (68′), Tiago Barros (78′) e Leleco (85′)

SPORTING IDEAL: Imerson; Jungu Kim (Bruno Mendes, 63′), Paulo Dinarte, Matheus Troche (Ivan Reis, 75′) e Grilo; Artur Santos, Diogo Pires (Rafa Benevides, 45′) e Marco Aurélio; Hélder Arruda, Hugo Santos e João Ventura;
Treinador: André São Miguel
Suplentes não utilizados: Rui Lopes (GR) e Xexé

Amarelos: Diogo Pires (21′), Artur Santos (27′), Paulo Dinarte (32′), Matheus Troche (69′) e Hugo Santos (88′)

GOLOS:
1-0 por Leleco (74′)
2-0 por Tiago Barros (89′) de G.P.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.