OLHANENSE, 2 – FC PORTO B, 2

Os rubro-negros perderam uma belíssima oportunidade de somar três pontos esta manhã. Depois de terem entrado cedo a perder, e assim ter continuado o marcador até ao intervalo (com o guarda-redes Lukasz Skowron a evitar por várias vezes o avolumar do resultado), a etapa complementar foi completamente diferente.

A meia hora do final da partida, num minuto tudo mudou: uma grande penalidade que motivou a expulsão de um adversário originou o golo do empate, e, logo de seguida, o segundo.

Até final Gonzalez Prado e Jorman Aguilar desperdiçaram chances de fazer o terceiro tento e, a dez minutos dos noventa, os forasteiros conseguiram chegar ao golo, mesmo em desvantagem numérica.

scofcpb201617lb

FICHA DO JOGO:
Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: Anzhony Rodrigues (AF Madeira)

OLHANENSE: Skowron; Coubronne, Paulão, Olivier Kingue e Kiki; Sori Mané e Edgar Abreu (Jaadi, 83′); Aldair, H’Maidat (Gerevini, 74′) e Gonzalez Prado; Jorman Aguilar (Salim Cissé, 69′)
Treinador: Bruno Baltazar
Suplentes não utilizados: Rodolfo Barata (GR), Doudou Mangni, Virga e Tiago Duque

FC PORTO B: Gudiño; Diogo Dalot, Verdasca, Jorge (Fernando, 74′) e Inácio; Chidozie, Rui Pires (Bruno Costa, 74′), Galeno e Graça; Ismael Diaz (Ruben Macedo, 62′) e Areias;
Treinador: António Folha
Suplentes não utilizados: João Costa (GR), Rui Moreira, Omar Govea e Fede Varela

Amarelos: Areias (40′), Rui Pires (42′) e Ruben Macedo (90’+02′)
Cartão vermelho: Inácio (56′)

GOLOS:
0-1 por Areias (13′)
1-1 por Aldair (59′) de G.P.
2-1 por H’Maidat (60′)
2-2 por Galeno (80′)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.