ACADÉMICA, 2 – OLHANENSE, 0

aacsco201617asbeirs

FOTO: “As Beiras”

Alinhando mais uma vez, pelo segundo consecutivo neste ano civil, com o guardião dos juniores (e com um juvenil no banco), a formação rubro-negra averbou nova derrota, mas acabou por deixar uma imagem positiva.

O jovem Léo até fez um punhado de boas intervenções e só foi batido perto da meia hora de jogo num remate muito bem colocado do ganês Ernest Ohemeng.

Depois disso o Olhanense dispôs de várias oportunidades para empatar (e pode queixar-se também de uma possível grande penalidade por assinalar), mas foi demasiado perdulário.

Como diz o ditado, quem não marca sofre e, a um minuto dos noventa, sofremos o segundo golo. Esta foi a quarta derrota consecutiva e a segunda desde a reabertura do mercado… se a estrutura de uma equipa profissional que está em último do seu campeonato quer realmente sair dessa posição e não aproveita a “janela” em que se pode reforçar quando tem duas deslocações difíceis, vai fazê-lo quando?

FICHA DO JOGO:
Estádio Efapel Cidade de Coimbra
Árbitro: Bruno Esteves (AF Setúbal)

ACADÉMICA: Ricardo Ribeiro; Nii Plange, João Real, Diogo Coelho e Nuno Santos; Kaká, Jimmy (Nuno Piloto, 90’+01′), Traquina e Marinho (Tom Tavares, 73′); Ernest Ohemeng (Leandro, 82′) e Tozé Marreco;
Treinador: Costinha
Suplentes não utilizados: José Costa (GR), Alfaiate, Dany e Hwang Mun-ki

OLHANENSE: Léo; Carlos Freitas (Fabrício Ramos, 83′), Pedro Eira, Redolfi e Kiki; Sori Mané (Gonzalez Prado, 68′) e Edgar Abreu; Doudou Mangni, Galassi e Jorman Aguilar; Salim Cissé;
Treinador: Bruno Baltazar
Suplentes não utilizados: Nini (GR), Pedro Albino, Tiago Duque e Gerevini

Amarelo: Kaká (47′)

GOLOS:
1-0 por Ernest Ohemeng (27′)
2-0 por Nii Plange (89′)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.