FÁTIMA, 1 – OLHANENSE, 2

Os rubro-negros conseguiram a segunda vitória da época em jogos oficiais e, novamente, na Taça de Portugal, frente a um adversário de escalão inferior… novamente.

Ao intervalo o Olhanense vencia por dois golos de diferença, mas na etapa complementar a equipa da casa reduziu, através de uma grande penalidade cometida por Aldair, que viu o segundo cartão amarelo.

Reduzida a dez unidades aos dez minutos da segunda parte, a formação liderada por Cristiano Bacci defendeu o resultado e confirmou o apuramento «com sofrimento à mistura», conforme se pode ler na crónica do RECORD.

fatsco201617tp

FOTO: Conta oficial de “Facebook” do CD Fátima – SAD

FICHA DO JOGO:
Estádio Municipal de Fátima
Árbitro: Bruno Vieira (AF Beja)

FÁTIMA: Valerio Vimercati; Tiago Rosa (Miguel Neves, 84′), Marco Pereira, Nuno Laranjeiro e Bruno Simão; Jorge Neves (Rodrigo Dantas, 74′), André Sousa, Fábio Coça e José Miguel (Hamza Jouini, 64′); Caleb Carvalho e Dzhamal;
Treinador: João Henriques
Suplentes não utilizados: Hélio Santos (GR), Pedro Henriques, João Martins e Ivan Buha

OLHANENSE: Evtimov; Carlos Freitas (Coubronne, 63′), Pedro Eira, Redolfi e Tiago Duque; Edgar Abreu (Tiago Barros, 63′), Virga, Gerevini e Aldair; Gonzalez Prado (Sori Mané, 81′) e Salim Cissé;
Treinador: Cristiano Bacci
Suplentes não utilizados: Ricci (GR), Galassi, Doudou Mangni e Jorman Aguilar

Amarelos: José Miguel (28′), Aldair (40′ e 54′), André Sousa (57′), Virga (62′) e Ertimov (90’+05′)
Vermelho por acumulação: Aldair (54′)

GOLOS:
0-1 por Dzhamal (11′) N. P. B.
0-2 por Gonzalez Prado (37′)
1-2 por Nuno Laranjeiro (55′) de G. P.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.