FALECEU O “VELHO CAPITÃO” MÁRIO WILSON

pic_mwilson

1929-2016

O futebol português está mais pobre, faleceu uma das suas grandes figuras, Mário Wilson, que na sua extensa carreira ligada ao desporto também serviu o Olhanense, como treinador e como secretário-técnico.

Nasceu em Moçambique em 1929, e aos 20 anos transferiu-se do Desportivo de Lourenço Marques para o Sporting, tendo em vista substituir o goleador Peyroteo. Esteve apenas dois anos em Alvalade e fez o resto da sua carreira como defesa-central na Académica de Coimbra, onde se iniciou como técnico e ficou conhecido para o resto da sua vida como o “velho capitão”.

Treinou depois vários clubes, com maior destaque no Vitória de Guimarães, Boavista, Belenenses e Benfica, chegando também a seleccionador nacional, de 1978 a 1980. Na década de oitenta passou por clubes dos escalões inferiores, entre os quais o nosso, na temporada 1989/90.

Numa época de crise financeira para o Olhanense, não chegou ao fim do campeonato da Zona Sul da antiga 2.ª Divisão no banco rubro-negro. Passou a secretário-técnico (função que viria mais tarde a desempenhar também no Benfica e no Alverca) e foi substituído por Pedro Gomes.

Faleceu agora, pouco antes de completar 87 anos, por degradação do seu estado de saúde, decorrente de uma pneumonia sofrida no início deste ano civil. Aos familiares e amigos, deixamos as nossas sentidas condolências.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.