OLHANENSE, 0 – LEIXÕES, 2

A formação rubro-negra terá feito uma das piores exibições da temporada (a pior, segundo as declarações de BACCI) e “ofereceu” o triunfo ao adversário ainda na primeira parte, com duas falhas fatais nos últimos três minutos antes do intervalo.

Na etapa complementar o nosso técnico fez duas alterações, com a entrada de um extremo e de um lateral mais rápidos e mais atacantes, e com ainda meia hora para jogar lançou mais um avançado, esgotando logo aí as substituições.

A nossa equipa entrou com vontade de lutar contra a desvantagem no marcador e a melhor ocasião terá pertencido a Januário, que atirou uma bola ao poste na sequência de um livre directo logo após o reatamento, mas saiu lesionado na parte final do desafio, e assim ficámos reduzidos a dez unidades.

Já em cima do apito final, Said foi expulso por acumulação de amarelos e será baixa par ao primeiro jogo de 2016 nos Açores.

SCOLDC1516larry

FICHA DO JOGO:
Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: Pedro Campos (AF Porto)

OLHANENSE: Moreira; Coubronne, Virga, Materazzi (Rodolfo Lourenço, 46′) e Tiago Duque; Baldé e Galassi; João Oliveira (Leandro Borges, 46′), Januário e Coelho (Murilo, 60′); Said;
Treinador: Cristiano Bacci
Suplentes não utilizados: Leo (GR), Sori Mané, Lucas Morelatto e Fábio Marinheiro

LEIXÕES: Ricardo Moura; Rateira, Pedro Pinto, Diogo Nunes e Max; Tandjigora, Caio, Jorginho (Miguel Ângelo, 34′) e Bruno Lamas (Malafaia, 82′); Alemão (Cadinha, 88) e Ricardo Barros;
Treinador: Pedro Miguel
Suplentes não utilizados: Taha Zarei (GR), João Pedro, Pan Ximing e Niang

Amarelos: Max (21′), Coubronne (23′), Caio (37′), Said (42′ e 90′), Miguel Ângelo (52′), Bruno Lamas (78′) e Virga (89′)
Vermelho por acumulação: Said (90′)

GOLOS:
0-1 por Ricardo Barros (44′)
0-2 por Tandjigora (45’+02′)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.