FARENSE, 1 – OLHANENSE, 2

SCFSCO201516

Depois da desilusão no dérbi algarvio da semana passada, nada melhor que uma vitória no campo de outro vizinho e no último minuto, para dar ainda mais emoção.

Depois de uma primeira parte equilibrada em que as duas melhores oportunidades pertenceram à equipa da casa  (na primeira delas Moreira demonstrou mais uma vez o seu bom momento com uma dupla defesa), o Olhanense marcou primeiro na etapa complementar, na sequência de um canto.

A vantagem durou pouco tempo, pois os locais chegaram ao empate sete minutos depois, na marcação de uma grande penalidade muito contestada.

O melhor estava para vir a um minuto dos noventa, quando Leandro Borges não desistiu de uma jogada junto à bandeirola de canto, conseguiu cruzar e Coelho surgiu na área a concretizar uma saborosa vitória no terreno do nosso mais antigo rival.

SCFSCO201516record

FOTO: record.xl.pt

FICHA DE  JOGO:
Estádio de São Luís, em Faro
Árbitro: Tiago Martins (AF Lisboa)

FARENSE: São Bento; Saeed, Ubay Luzardo, Felipe Barros e Diogo Coelho (Ramiz Pasiov, 90’+01′); Carlos, Bilro (Márcio Sousa, 85′), Harramiz e Osama Rashid (Tiago de Leonço, 62′); Irobiso e Rambé;
Treinador: Antero Afonso
Suplentes não utilizados: Ricardo (GR), Roni, Thomas e André Afonso

OLHANENSE: Moreira; Coubronne, Virga, Materazzi e Tiago Duque; Baldé e Galassi; João Oliveira, Januário (Leandro Borges, 82′) e Coelho (Fábio Marinheiro, 90’+01′); Said (Murilo, 77)’;
Treinador: Cristiano Bacci
Suplentes não utilizados: Leo (GR), Rodolfo Lourenço, Lucas Morelatto e João Falque

Amarelos: Saeed (10′), Irobiso (20′), João Oliveira (45’+01′), Tiago Duque (59′), Tiago de Leonço (69′), Harramiz (75′), Said (89′) e José Coelho (90’+01′)

GOLOS:
0-1 por Said (57′)
1-1 por Ubay Luzardo (64′), de G.P.
1-2 por José Coelho (89′)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.