OLHANENSE, 1 – ATLÉTICO, 0

Segundo jogo consecutivo em casa e não poderia ter corrido melhor, pois averbámos novo triunfo.

O golo surgiu cedo, com Tiago Duque (que na época passada representava o adversário de hoje) a finalizar uma jogada confusa na área dos lisboetas, após a marcação de um livre.

A formação rubro-negra segurou a vantagem até final e até poderia ter aumentado o “score”, nalgumas jogadas de contra-ataque desperdiçadas quando os forasteiros, balanceados no ataque, tentavam chegar ao empate.

FICHA DO JOGO:
Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: André Moreira (AF Leiria)

OLHANENSE: Tiago Maia; Rodolfo Lourenço, Materazzi, Fábio Marinheiro e Tiago Duque; Giraldo (Mickael, 84′), Virga e João Oliveira; Januário (Coelho, 80′), Murilo e Leandro Borges (Ponce, 90’+01′);
Treinador: Cristiano Bacci
Suplentes não utilizados: Léo (GR), Baldé, Douglas Cordeiro e Pedro Albino

ATLÉTICO: Meira; Lucas Rocha (Javier Cohene, 36′), Pierre, Maurício (Celestino, 55′) e Duarte Machado; Hélio Cruz, Djikiné, Palacios e Jorge Ribeiro; Lopez e Quinaz (Vouho, 73′);
Treinador: Jorge Andrade
Suplentes não utilizados: Danilo (GR), Steph, Pedro Almeida e Nadson

Amarelos: Djikiné (10′ e 50′), Quinaz (13′), Hélio Cruz (14′), João Oliveira (16′), Jorge Ribeiro (33′), Leandro Borges (37′), Maurício (43′)
Vermelho: Djikiné (50′)

GOLO:
1-0 por Tiago Duque (11′)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.