MARTIN LK EM DESTAQUE NA REVISTA “J”

A revista “J”, vendida com o jornal “O Jogo” aos Domingos, publica hoje um artigo de quatro páginas com o atleta Martin LK, que representou a nossa equipa na segunda metade da época, cedido pela Sampdoria. Em foco, tal como noutras entrevistas concedidas pelo jovem avançado nos últimos meses, é o curioso nome que os seus pais escolheram, em homenagem a Martin Luther King.

Do tempo que passou em Olhão, apesar de não ter jogado muito Martin diz que «foi uma experiência bastante positiva. Nunca tinha atuado nos seniores – ainda sou júnior – e assim acho que estou um ano à frente. Ao lado de jogadores mais velhos creio que se consegue crescer mais depressa».

Sobre o desempenho colectivo, salientou a «forte união do grupo na reta final do campeonato», considerando que «quando nos soltámos, melhorou o ambiente e o futebol praticado».

Nesta entrevista ficamos a saber que Martin jogou nas camadas jovens do Benfica ao lado de nomes como Romário Baldé e Gonçalo Guedes, que tem um irmão (WILLIAMS) que joga no Atlético da Malveira e que o pai (SERGINHO) também foi futebolista, actuando principalmente em clubes da zona norte do país, como o Aves, Paredes ou Freamunde, (mas também com uma passagem pela nossa região, em Silves na temporada 1993/94).

Quando ao futuro, Martin diz que «se continuar no Olhanense será bom, porque conheço a casa, fui muito bem recebido e acredito que terei mais oportunidades, mas, se ficar em Itália, ainda é melhor, porque é o meu clube, tenho mais dois anos e meio de contrato e ambiciono chegar à equipa principal e jogar na Serie A».

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.