TÉCNICO ADVERSÁRIO FALA EM… «CHOURIÇO»?

O treinador do Portimonense considerou o resultado tremendamente injusto, pelo que se pode ler nas declarações publicadas hoje na imprensa desportiva. Essas palavras podem também ser ouvidas na rádio VOZ DO PORTIMONENSE.

Fabrizio Piccareta, que esteve no banco como responsável máximo por castigo de Cristano Bacci, considerou que o Olhanense esteve melhor na primeira parte e que até merecia ter chegado ao golo, mas também reconheceu que os nossos vizinhos entraram melhor na etapa complementar. Contudo, o italiano disse ainda que a sua equipa reagiu bem ao golo sofrido e que o resultado final acaba por ser justo, assim como «positivo».

Sobre a “justiça” da grande penalidade (que praticamente não é reclamada por nenhum jogador do Portimonense no momento em que o lance decorre) é que não encontrámos opiniões ou análise muitos detalhadas, a não ser numa crónica no site do jornal RECORD, em que se pode ler, e passamos a citar, «alegado desvio com o braço de Diakhité».

Destaque também para o o site do SUL INFORMAÇÃO, onde está disponível uma galeria de imagens do jogo para visualização.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.