FARENSE, 2 – OLHANENSE, 2

A formação rubro-negra terá perdido (mais) uma bela oportunidade de somar três pontos. Esteve por duas vezes em vantagem e permitiu o empate, exactamente o que tem sido a nossa sina ao longo da temporada. Além disso Celestino ainda desperdiçou uma grande penalidade, acertando no poste.

Apesar de não ter existido uma grande qualidade de jogo, a primeira parte do dérbi valeu pela emoção dos golos. Na etapa complementar não se marcaram golos e a partida baixou de ritmo.

SCFSCO201415a

FICHA DO JOGO:
Estádio de São Luís, em Faro
Árbitro: Jorge Ferreira (AF Braga)

FARENSE: São Bento; Hugo Ventosa, Kiki Ballack, Lameirão e Califo; Carlos, Rui Duarte, e Neca (Yang Tan, 70′); Harramiz, Edinho Júnior e Mailó (Irobiso, 62′);
Treinador: Abel Xavier
Suplentes não utilizados: Ricardo (GR), Bruno Gonzalez, Alan Khabalov, Bilro e Karamatic

OLHANENSE: Ricardo Ribeiro; Duarte Machado, Diakhité, Nuno Diogo e Pedrelli; Rodrigo António e Celestino (Diogo Melo, 75′); Adilson (González Prado, 75′), Galassi e Femi Balogun (Murilo, 81′); Mastriani;
Treinador: Cristiano Bacci
Suplentes não utilizados: Svedkauskas (GR), Faye Balla, Coubronne e Ponce

Amarelos: Hugo Ventosa (06′), Harramiz (26′ e 90’+03′), Duarte Machado (55′), Neca (61′), Irobiso (67′), Rui Duarte (77′) e Galassi (85′)
Vermelho por acumulação de amarelos: Harramiz (90’+03′)

GOLOS:
0-1 por GALASSI (07′)
1-1 por Edinho (09′)
1-2 por ADILSON (38′)
2-2 por Neca (44′)

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.