RUBRO-NEGROS NUNCA PERDERAM EM ALCOCHETE

Clique na imagem para ler a crónica da altura no "Record"

Clique na imagem para ler a crónica da altura no “Record”

Historicamente o Olhanense nunca perdeu no terreno do equipa B dos “leões” (já em “casa” não pode dizer o mesmo, pois no presente campeonato até já perdeu o jogo da primeira “volta” por 0-1), tendo empatado nas últimas três vezes que se deslocou a Alcochete (1-1 em 2001/02, 4-4 em 2002/03 e 3-3 em 2003/04).

Curiosamente, na primeira e única vez em que um dos quatro confrontos com o Sporting B não foi disputado na Academia, o Olhanense venceu.

Isso aconteceu e foi mesmo no primeiro desses duelos, na primeira jornada da Zona sul da antiga 2.ª Divisão B em 2000/01, em que o jogo teve lugar no relvado principal do velho Estádio José Alvalade. O resultado foi de 2-1, com os nossos golos a pertencerem a Jacques e a Paulo Renato, de grande penalidade. O tento sportinguista foi marcado por Vasco Matos, que alguns anos depois representou o Olhanense.

Nessa formação de jovens jogadores leoninos destacavam-se também outros nomes, como Ricardo Quaresma (hoje no FC Porto), Carlos Martins (Belenenses), Houssine Kharja (que depois jogou em vários grandes clubes italianos, foi internacional AA marroquino e que está actualmente nos franceses do Sochaux) e… Nuno Diogo, que agora veste de rubro-negro.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.