HOJE JOGA-SE O GRANDE DERBY DO ALGARVE

Clique na imagem para ver o vídeo

Clique na imagem para ver o vídeo

Sem desrespeito para os outros emblemas da região, o duelo entre Olhanense e Farense (mais não seja pela sua proximidade) é, desde os primórdios da modalidade no nosso país, a partida mais aguardada entre algarvios.

Para promover o jogo, o site oficial do nosso clube fez um vídeo com imagens da década de setenta, quando ambos os emblemas se encontraram pela primeira vez no seu longo historial a disputar a 1.ª Divisão em simultâneo.

Numa história já centenária, os dois principais clubes de Faro e Olhão defrontaram-se regularmente durante cerca de sete décadas, até porque durante muitos anos existiu o campeonato regional. Porém, nos últimos trinta anos, apenas por três vezes as equipas principais se encontraram no mesmo escalão e sempre na Zona Sul da antiga 2.ª Divisão e depois da 2.ª Divisão B. Aconteceu em 1985/86, em 1989/90 e depois apenas em 2003/04.

Há onze temporadas atrás os rubro-negros (então comandados por Paulo Sérgio, num ano em que conseguiram a subida de divisão) superiorizaram-se em ambas as partidas, vencendo por 1-0 em Faro (golo de Nelson Afonseca) e 2-1 em Olhão (dois golos de livre directo de Jorge Vidigal).

As duas equipas já se tinham defrontaram em todos os escalões nacionais (e até por uma vez na Taça de Portugal) mas nunca na actual 2.ª Liga, ou Divisão de honra, como inicialmente era denominada em 1990. Esta 4.ª Feira isso acontecerá pela primeira vez, e em horário que vai “competir” com os jogos da Liga dos Campeões.

Hoje o RECORD é o diário desportivo que mais destaque dá ao duelo, publicando um interessantíssimo artigo de fundo sobre a rivalidade a que chama «quase centenária» (curiosamente, segundo as nossas pesquisas, terão existido jogos entre os dois clubes antes de 1914, data apontada como a do primeiro embate histórico conhecido), com uma lista dos jogos disputados entre os dois clubes apenas em campeonatos nacionais, que dá uma interessante vantagem de 21 vitórias nossas contra 20 dos nossos vizinhos e somente 8 empates.

A “aposta” entre os amigos e ex-colegas Semedo e Bruno Gonzalez, agora adversários, é o destaque de A BOLA.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.