V. GUIMARÃES, 2 – OLHANENSE, 0

FOTO: "Mais Futebol"

FOTO: “Mais Futebol”

O Olhanense não se estreou da melhor maneira no campeonato, muito por culpa de erros defensivos, mas também se pode queixar da arbitragem.

Numa primeira parte de domínio repartido, em quepraticamente não existiram oportunidades flagrantes de golo, o juíz da partida fez “vista grossa” a um mão na bola na grande área vimaranense, logo aos 12 minutos, que deveria ter dado origem a uma grande penalidade.

Olegário Benquerença não teve, no entanto, qualquer dúvida em mostrar dois cartões amarelos (qualquer deles discutível), ao nosso jovem central Mladen, um na primeira parte e outro na segunda, que ditaram a sua expulsão logo após o primeiro golo do adversário, que surgiu no início da etapa complementar.

Após o reatamento, a defesa rubro-negra pareceu ter entrado adormecida e, numa jogada individual de Maazou, que percorreu todo o nosso lado direito, o avançado natural de Níger inaugurou o marcador.

Quandoanosa equipa tentou reagir viu-se, rapidamente, reduzida a dez unidades. Pouco tempo depois surgia o segundo golo da equipa da casa que sentenciava o resultado. Até final umaboa investida de Femi Balogun poderia ter resultdo no nosso tento de honra, mas não era a a nossa noite.

FICHA DO JOGO:
Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães
Árbitro: Olegário Benquerença (AF Leiria)

VITÓRIA: Douglas; Pedro Correia (Hernâni, 81′), Paulo Oliveira, Moreno e Addy; Leonel Olímpio e André André; Marco Matias, Crivellaro (Ricardo Gomes, 67′) e Barrientos; Maazou (Fernando Russi, 87′).
Treinador: Rui Vitória
Suplentes não utilizados: Assis (GR), Luís Rocha, Leandro Freire e Josué Sá

OLHANENSE: Ricardo; Luís Filipe, Ricardo Ferreira, Mladen e Jander; Pelé (Femi Balogun, 53′) e Celestino;
Regula, Rui Duarte e Diego Gonçalves (Vitor Bastos, 68′); Mehmeti (Daniel Bessa, 75′)
Treinador: Abel Xavier

Amarelos: Mladen (31′ e 65′), Barrientos (42′), Marco Matias (73′) e Celestino (78′)
Vermelho: Mladen (65′) por acumulação

GOLOS:
1-0 por Maazou (46′)
2-0 por Maazou (71′)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.