MARÍTIMO, 1 – OLHANENSE, 0

Clique na imagem para ler a crónica no jornal "O Jogo"

FOTO: “O Jogo”

Apresentando, mais uma vez, uma equipa bastante desfalcada e com várias adaptações os rubro-negros voltaram a perder, num estádio onde nunca venceram nos jogos disputados no escalão principal.

O golo que valeu a derrota, logo aos 10 minutos, foi apontado pelo nosso antigo jogadafor Adilson, de cabeça, numa jogada em que a defesa olhanense poderia ter feito melhor.

Yontcha, pouco depois da meia de hora, teve uma oportunidade flagrante de marcar, isolado frente ao nosso antigo guarda-redes Ricardo Ferreira, que conseguiu defender.

O nosso actual guardião, Bracalli, voltou a rubricar uma bela exibição, impedindo os insulares de voltarem a marcar. Na parte final da partida o Olhanense apostou tudo, Djalmir voltou a ser chamado, mas a equipa não conseguiu criar verdadeiramente perigo.

FICHA DO JOGO:
Estádio dos Barreiros, no Funchal
Árbitro: Rui Silva (AF Vila Real)
Assistência: 4.083 espectadores

MARÍTIMO: Ricardo Ferreira; João Diogo, João Guilherme, Igor Rossi e Rúben Ferreira; Marakis (Rodrigo António, 81′), Rafael Miranda, David Simão e Danilo Dias (Luís Olim, 87′); Adilson e Kukula (Artur, 90’+02′);
Treinador: Pedro Martins
Suplentes não utilizados: José Sá, Briguel, Rúben Brígido e Ytalo
Amarelos: Marakis (46′), Kukula (67′) e Rafael Miranda (82′)

OLHANENSES: Bracalli; Luís Filipe, Nuno Reis, André Micael e D’Onofrio; Vasco Fernandes e Nuno Piloto (Evandro Brandão, 46′); Targino, Rui Duarte (Djalmir, 74′) e Jander; Yontcha;
Treinador: Manuel Cajuda
Suplentes não utilizados: Ricardo (GR), Maurício, Abdi, Pedro Paz e Rafael
Amarelos: André Micael (70′) e Yontcha (79′)

GOLO: 1-0 por Adilson (10′)

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.