QUANDO OLHÃO SURPREENDEU O DRAGÃO

Passaram exactamente dois anos no passado dia 6 que o Olhanense foi protagonista da grande surpresa da 22.ª jornada do campeonato nacional 2009/10. Visto que contávamos com seis jogadores cedidos pelos portistas, poucos acreditavam – e muitos desconfiavam – que o Olhanense conseguisse trazer um resultado positivo da cidade invicta.

À passagem do quarto de hora já a formação orientada pelo antigo capitão azul e branco, Jorge Costa, vencia com dois golos de Djalmir. Os da casa só conseguiram reduzir a desvantagem aos 81 minutos e empatar já durante o tempo extra.

As capas dos diários desportivos a 7 de Março de 2010

Os titulares Djalmir, Ventura e Rui Duarte, assim como os suplentes não utilizados Bruno Veríssimo e Toy, são os “sobreviventes” dessa equipa. O facto é recordado hoje pelo jornal O JOGO, que relembra ainda que o Olhanense já venceu o FC Porto em sua casa, «na longínqua época de 1945/46».

Como já tinhamos recordado no nosso site exactamente em Março de 2010, esse jogo foi disputado no Estádio do Lima (recinto que pertencia ao Académico do Porto), e até foi o FC Porto a inaugurar o marcador, por Araújo, mas Fernando Cabrita empatou a contenda ainda na primeira parte. Na etapa complementar João dos Santos deu vantagem aos rubro-negros e Salvador marcaria por duas vezes, colocando o resultado em 1-4. Até final os portistas ainda reduziram para 3-4, por Nunes e Araújo (de livre directo no último minuto), novamente, mas o triunfo já não escaparia ao Olhanense nessa tarde.

Ventura e André Pinto são os dois jogadores do actual plantel rubro-negro “emprestados” pelo adversário de Sábado. O guardião não tem sido opção, mas o central deverá regressar à titularidade após cumprir um jogo de castigo. Em entrevista ao RECORD, André considera que «dentro do campo, será um jogo como os outros e darei o melhor em prol do clube que represento. Tenho contrato com o FC Porto (até ao fim da próxima época) mas jogo atualmente no Olhanense e sempre que subo ao relvado é com um propósito, ajudar a minha equipa a alcançar o melhor resultado possível».

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.