1.ª LIGA: OLHANENSE, 0 – FC PORTO, 3

O Olhanense perdeu a invencibilidade caseira frente ao líder do campeonato, numa partida em que jogou melhor do que demonstra o resultado final.

O FC Porto foi melhor durante grande parte da partida, com mais domínio e mais oportunidades de golo, mas os rubro-negros bateram-se bem, e o primeiro golo (pontapé de belo efeito de fora da área do argentino Belluschi) a cerca de vinte minutos do final, é que «desbloqueou o jogo», como referiu Daúto Faquirá na conferência de imprensa.

FOTO: Luís Forra/Lusa (in "Mais Futebol")

O segundo golo surgiu quase de seguida, em jogada individual de Falcao, “matando” a partida. O Olhanense teria uma boa chance de diminuir a desvantagem, mas Yontcha isolado, não conseguiu concretizar.

O terceiro golo surge já em período de compensação de descontos, num lance em que Ricardo Batista teve a primeira falha depois de mais uma bela exibição. Resultaod demasiado pesado, portanto.

FICHA DO JOGO
Estádio José Arcanjo, em Olhão
Árbitro: João Capela (AF Lisboa)
Assistência: 5.296 espetadores

OLHANENSE: Ricardo Batista; Cristian Suárez, Maurício, André Micael e Carlos Fernandes; Fernando Alexandre e Nuno Piloto; Jorge Gonçalves (Adilson, 88’), Paulo Sérgio e Ismaily (Lulinha, 69’); Djalmir (Yontcha, 81’);
Treinador: Daúto Faquirá
Suplentes Não Utilizados: Bruno Veríssimo (GR), Cadu, Rui Duarte e Tiero
Amarelos: Fernando Alexandre (35′) e Maurício (79′)

FC PORTO: Helton; Sapunaru (Fucile, 46’), Rolando, Otamendi e Álvaro Pereira; Fernando, João Moutinho e Belluschi (Ruben Micael, 76’); Hulk, Falcao e Varela (James Rodriguez, 46’);
Treinador: André Villas-Boas
Suplentes Não Utilizados: Beto (GR), Maicom, Guarin e Mariano
Amarelos: Hulk (63′) e Ruben Micael (90’+01′)

GOLOS:
0-1 por Belluschi (68′)
0-2 por Falcao (70′)
0-2 por Falcao (90’+02′)

VÍDEOS:
Resumo dos principais lances da partida

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.